Segunda-feira, 27 de Abril de 2009

Incertezas

Simplesmente tenho medo!

Toda a gente tem medo, eu sei. Só que os medos paralisam-me completamente!

Este ano foi um ano perdido na minha vida. Apesar de ter conhecido um “mundo” novo, novas experiencias, sinto que não me realizou…

Tenho medo que a minha tentativa de ir atrás do meu sonho seja em vão. Não sei se sou capaz. Será que por mais que me esforce vou conseguir ser assim tão brilhante ao ponto de chegar onde quero chegar?

E se não conseguir o meu sonho? Que vou fazer? Voltar para algo que não gosto? Ir para algo que não é bem o que quero? Só o meu sonho faz sentido…

As vezes penso que é impossível. E que deveria ter ficado como estava, apesar de saber que assim não ia ser feliz, apesar de ter que continuar com aquela vidinha que não me preenche, aquele sentimento de querer mais, de querer ser melhor mas mesmo assim ficar na mesma! E que ficando como estou sei que por mais mal que me sinta não vou fazer nada para o mudar. Infelizmente o Homem é um ser dado ao comodismo, é difícil mudarmos algo que esta já tão “entranhado” em nós.

Mas por outro lado sou uma sonhadora, e tenho uma pequena esperança que seja recompensada pelo meu esforço.

Mas principalmente quero conseguir mudar, fazer a minha vida valer a pena. E o mais importante de tudo conseguir ter as pessoas que realmente gosto e que me dão o devido valor ao meu lado!

 

Sinceramente não sei o que estará certo ou errado… mas também ninguém sabe. Por isso mesmo que esteja a cometer um erro, sei que é com os erros que se aprende.

 

 

música: No more lies-Iron Maiden
Rabiscado por Menina_Borboleta às 19:02
link | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quarta-feira, 15 de Abril de 2009

...

"Sem Chuva Não há Arco-Íris"

 

          

 

 

Humm nada melhor que passear a chuva... e captar momentos como este!

Porque assim sinto-me Livre !

Rabiscado por Menina_Borboleta às 21:04
link | comentar | ver comentários (9) | favorito
Terça-feira, 14 de Abril de 2009

Serenata ao enfermeiro

    

“Enfermeiro com um brilho no olhar
 A serenata te venho dedicar
E aqui, por ti
Estou a sonhar te conquistar
E para ti estou aqui a cantar

Se é dia sinto saudade
Desta nossa cumplicidade
E de tudo o que vivemos
Não sei se voltaremos
De novo a estar naquele lugar
Sentido a brisa e cantando ao luar

E nesta noite aqui tão perto
Meu coração está aberto
E sorri apenas para ti
Não sei se em ti confie
Nesse teu brilho no olhar
No teu sorrir, na tua forma de cantar
 
Quando penso no teu corpo
No teu rosto e na tua voz
Sinto que ainda estamos sós
Meu coração roubaste
Com o carinho que me fizeste
E com o beijo que carinhosamente me deste”

  

 

 

Apesar de Enfermagem decididamente não ser a profissão certa para mim… esta serenata trás boas recordações… Foi um momento mesmo bonito =)

Rabiscado por Menina_Borboleta às 15:53
link | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 11 de Abril de 2009

...

Imprevisível… Algo que não passaria pela minha cabeça! Estranheza… Aquela sensação inicial de querer fugir dali. Mas depois a vontade de não largar mais! Sensações… Palavras ditas que vagueiam a todo instante na mente! Olhares… O sentimento de ser especial! Único! O não querer dizer adeus! Imagens… Um lugar só nosso, que trás aquela recordação tão boa!

A vontade de repetir uma… duas… mil vezes…

 

<3 Leva-me contigo

  

... )

  

 

 

Rabiscado por Menina_Borboleta às 16:50
link | comentar | ver comentários (5) | favorito
Quarta-feira, 8 de Abril de 2009

...

"Sabe bem ter-te por perto

Sabe bem tudo tão certo

Sabe bem quando te espero

Sabe bem beber quem quero

 

Quase que não chegava

A tempo de me deliciar

Quase que não chegava

A horas de te abraçar

Quase que não recebia

A prenda prometida

Quase que não devia

Existir tal companhia

 

Não me lembras o céu

Nem nada que se pareça

Não me lembras a lua

Nem nada que se escureça

Se um dia me sinto nua

Tomara que a terra estremeça

Que a minha boca na tua

Eu confesso não sai da cabeça

 

Se um beijo é quase perfeito

Perdidos num rio sem leito

Que dirá se o tempo nos der

O tempo a que temos direito

 

Se um dia um anjo fizer

A seta bater-te no peito

Se um dia o diabo quiser

Faremos o crime perfeito"

 

Donna Maria – Quase Perfeito

 

Rabiscado por Menina_Borboleta às 14:10
link | comentar | ver comentários (2) | favorito

.mais sobre mim

.arquivos

. Janeiro 2013

. Julho 2012

. Junho 2012

. Novembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Agosto 2007

.tags

. todas as tags